top of page

Meta lança óculos Ray-Ban com transmissão via Facebook e assistente de IA


Meta Ray-ban
Divulgação/Meta

A Meta Platforms lançou uma nova geração de óculos inteligentes Ray-Ban que podem ser transmitidos diretamente no Facebook, bem como novos produtos de IA para os consumidores, em um evento no qual o CEO Mark Zuckerberg atualizou seu plano de construir um metaverso imersivo.


Meta Ray-ban
Divulgação/Meta

Zuckerberg disse que uma nova geração de óculos inteligentes Ray-Ban da Meta começará a ser vendida ao preço de US$ 299.


O dispositivo incorporará um novo assistente Meta AI e será capaz de transmitir ao vivo o que um usuário estiver vendo diretamente para o Facebook e Instagram, um avanço em relação à capacidade da geração anterior de tirar fotografias.


Meta Ray-ban
Divulgação/Meta

Zuckerberg também apresentou os primeiros produtos de IA generativa da empresa para o consumidor, incluindo o chatbot Meta AI que pode gerar respostas de texto e imagens foto-realistas.


“Não se trata apenas de responder perguntas”, disse Zuckerberg. “Trata-se de entretenimento e de ajudá-lo a fazer coisas para se conectar com as pessoas ao seu redor.”

Ele falou na conferência Meta Connect, o maior evento do ano da empresa de redes sociais, assim como sua primeira conferência presencial desde o início da pandemia.


Zuckerberg exibiu fotos que o gerador de imagens fez retratando um dinossauro como animal de estimação, e mudando o estilo do pelo de seu cachorro Beast.


“Uma grande parte desta inovação consiste em garantir que estas tecnologias sejam acessíveis a todos”, disse Zuckerberg, acrescentando que criar novos produtos inovadores e acessíveis a todos é “realmente importante”.

A Meta criou o assistente, chamado Meta AI, usando um modelo personalizado baseado no poderoso modelo de linguagem grande Llama 2 que a empresa lançou para uso comercial público em julho. O chatbot terá acesso a informações em tempo real por meio de uma parceria com o mecanismo de busca Bing da Microsoft, disse Zuckerberg.


A empresa também está construindo uma plataforma que desenvolvedores e pessoas comuns podem usar para criar seus próprios bots de IA personalizados, que terão perfis no Instagram e no Facebook e eventualmente aparecerão como avatares no metaverso, disse ele.


Para demonstrar as capacidades da ferramenta, a Meta criou um conjunto de 28 chatbots com personalidades diferentes, estilizados com vozes de celebridades como Charli D’Amelio, Snoop Dogg e Tom Brady, de acordo com uma postagem no blog da empresa.


A estrela do futebol feminino Sam Kerr, por exemplo, serviu de inspiração para Sally, um bot descrito pela Meta como uma “amiga de espírito livre que lhe dirá quando respirar fundo”.


Zuckerberg disse nesta quarta que os jogos em nuvem do Xbox chegarão ao Quest em dezembro.



Meta Quest 3 / Meta
Meta Quest 3 / Divulgação/Meta

A Meta anunciou o headset Quest 3 pela primeira vez no verão, na época em que a Apple lançou seu próprio dispositivo, o Vision Pro, um produto de última geração com preço de US$ 3.500.


A partir de US$ 500, o Quest 3 possui a mesma tecnologia de realidade mista que estreou no dispositivo Quest Pro, o mais caro da Meta, lançado no ano passado, que mostra aos usuários um feed de vídeo do mundo real ao seu redor.


Fonte: Infomoney

Comments


bottom of page